Na hora do churrascão, certas dúvidas pegam fogo: Arroz vem antes ou depois do vinagrete? A melhor picanha é ao ponto ou mal passada? Abacaxi grelhado é churrasco, afinal de contas?

Com tantas questões importantes, não dá para perder tempo procurando como escolher a churrasqueira ideal, não é mesmo? Afinal, conforme cada caso, é necessário avaliar a infraestrutura da área, o espaço, a ventilação do ambiente e os materiais utilizados na fabricação da grelha.

Sendo assim, vamos listar os tipos mais comuns de aparelhos para churrasco, e mostrar como escolher a churrasqueira que melhor atenderá suas principais demandas. Acompanhe!

8 tipos de churrasqueiras e como escolher a ideal para sua casa

A churrasqueira portátil é uma ótima opção para espaços movimentados.

1. Churrasqueira portátil

Pequenas e bem fáceis de transportar, as churrasqueiras portáteis são ideais para aqueles que não dispõem de espaço para construir o tipo tradicional de alvenaria.

Elas podem ser encontradas em diversos formatos e tamanhos, podendo ser utilizadas em ambientes como varandas, espaços gourmets e áreas externas, assim atendendo a diferentes necessidades dos consumidores

Contam também com algumas opções de funcionamento, como por meio de queima de carvão, um sistema elétrico ou exaustão de gás. Sua maior desvantagem é a de não possuir um sistema de exaustão, o que contribui para a proliferação de fumaça pela residência.

Capacidade: 
Investimento: 
$
Indicações de uso:
 Varandas, sacadas e outros locais que exijam a mobilidade do equipamento.

8 tipos de churrasqueiras e como escolher a ideal para sua casa

Churrasqueiras à gás são opções incríveis para quem não gosta de fumaça.

2. Churrasqueira a gás

Com o funcionamento equivalente aos fogões tradicionais, as churrasqueiras a gás podem ser encontradas no mercado em diversos tamanhos e modelos. Elas atingem altas temperaturas em pouco tempo e, semelhantemente àquelas que utilizam carvão, assam qualquer tipo de carne.

Suas vantagens incluem: possuir queimadores potentes, permitir controle sob o tamanho da chama, contar com modernos sistemas de segurança e ainda garantir uma fácil limpeza e manutenção.

No entanto, há um revés, que é a necessidade de uma instalação de uma tubulação para que o GLP ou gás natural seja eliminado.

Capacidade: ✶✶✶
Investimento:
$$$$$
Indicações de uso:
 Espaço gourmet.

8 tipos de churrasqueiras e como escolher a ideal para sua casa

A churrasqueira a carvão prepara todo tipo de assado com muita qualidade.

3. Churrasqueira a carvão

De todos os tipos de churrasqueiras, essa é a mais tradicional e a preferida pela maioria dos churrasqueiros, principalmente pelo gosto diferenciado que confere ao churrasco. De acordo com especialistas, a carne assada na brasa do carvão fica com aquele sabor característico do churrasco com um toque defumado.

No entanto, devemos deixar claro que esse é o tipo que mais faz sujeira na casa e exala fumaça ao seu redor. Seus preços são bem mais acessíveis, visto que seu funcionamento depende apenas da brasa.

Sua instalação é razoavelmente simples, necessitando apenas um espaço da área externa disponível. Ela também pode ser colocada em uma área interna, contanto que haja uma tubulação para expelir a fumaça.

Capacidade: ✶✶✶✶
Investimento: 
$$
Indicações de uso:
 Áreas externas.

8 tipos de churrasqueiras e como escolher a ideal para sua casa

Churrasqueiras à bafo preparam peixes, legumes e frutas com louvor.

4. Churrasqueira a bafo

A churrasqueira a bafo é ideal para o cozimento de peixes e legumes. Ela conta com uma tampa que funciona como um isolamento térmico do equipamento, além de, é claro, auxiliar o cozimento. Alguns também a utilizam para o preparo de pizzas.

Esse modelo é bem prático, já que, além de consumir menos carvão no preparo dos alimentos, produz menos fumaça e ainda é mais simples de limpar.

Capacidade: ✶✶✶✶✶
Investimento: 
$$
Indicação de uso:
 Ambientes externos e espaços gourmet.

8 tipos de churrasqueiras e como escolher a ideal para sua casa

A churrasqueira de alvenaria é um clássico muito popular.

5. Churrasqueira de alvenaria

Muito tradicionais e populares, as churrasqueiras de alvenaria têm ótima resistência ao calor e funcionam com carvão ou a lenha, garantindo versatilidade em seu uso.

Essa churrasqueira pode receber variados tipos de acabamentos, como cerâmica, terracota, azulejos, entre outros. No entanto, para evitar problemas futuros, como rachaduras, é bom verificar a resistência do material antes de concluir a compra.

Capacidade: ✶✶✶✶✶
Investimento: 
$$$
Indicações de instalação:
 Área externa (preferencialmente coberta).

8 tipos de churrasqueiras e como escolher a ideal para sua casa

Churrasqueiras pré-moldadas são investimentos interessantes por sua durabilidade.

6. Churrasqueira pré-moldada

As churrasqueiras pré-moldadas são construídas à base de concreto composto por um material térmico capaz de absorver o calor. Contam com chaminés ou coifas e são comercializadas em modelos já prontos para instalação, o que torna esse processo mais fácil, rápido e eficaz.

Elas são fixadas em locais pré-definidos (geralmente em ambientes externos) e são facilmente montadas, pois são de encaixe e com acabamento de massa refratária.

Capacidade: ✶✶✶✶✶
Investimento: 
$$$$
Indicações de instalação:
 Áreas externas (preferencialmente cobertas).

8 tipos de churrasqueiras e como escolher a ideal para sua casa

A churrasqueira elétrica dá luz ao churrasco!

7. Churrasqueira elétrica

Essa churrasqueira é bem prática e pode ser encontrada em vários tamanhos e modelos. Ideal para pessoas que contam com pouco espaço na residência para fazer um churrasco.

Por ser elétrica, ela é bem versátil, podendo ser utilizada em qualquer ambiente da casa. No entanto, como qualquer outra churrasqueira, ela também exala fumaça e deve ser utilizada em ambientes que tenham maior ventilação, como varandas, espaços gourmets etc.

Capacidade: ✶✶
Investimento:
 $
Indicações de uso:
 Varandas, espaços gourmet e ambientes internos/externos, desde que haja um ponto de energia elétrica por perto.

8 tipos de churrasqueiras e como escolher a ideal para sua casa

A churrasqueira giratória leva praticidade para sua receita.

8. Churrasqueira rotativa

Trata-se de um equipamento que possui um sistema giratório, que alivia a responsabilidade do churrasqueiro virar a carne à todo instante.

Para utilizá-lo, basta adaptar o tamanho interno de acordo com a estrutura giratória do equipamento. Segundo especialistas, a maior vantagem desse sistema seria o cozimento da carne, que ocorre de forma uniforme.

O equipamento possui espetos especiais e é fabricado em aço inox. Para acioná-lo é só ligar na tomada.

Capacidade: ✶✶✶
Investimento: 
$$
Indicações de uso:
 Varandas, espaços gourmet e ambientes internos/externos, desde que haja um ponto de energia elétrica por perto.

Truques para um bom churrasco

Depois da churrasqueira escolhida, é tempo de colocar fogo na brasa! Confira algumas dicas para preparar um bom churrasco e aproveitar ao máximo sua nova churrasqueira.

  • Utilize apenas peças de carne frescas, com a coloração vermelho-vivo e que contenha uma camada de gordura, que é o que irriga e dá sabor à carne.
  • Prefira linguiças rosadas, visto que as esbranquiçadas possuem muita gordura.
  • O frango fica muito mais saboroso desossado e deve ser consumido logo após ser grelhado, para que não resseque.
  • Problemas com aritmética? Calcular a quantidade de carne por convidado é muito simples! Estime 600 gramas por adulto, sendo 150 g de linguiça, 50 de frango e o restante em carnes variadas. Crianças de até sete anos consomem, em média, cerca de 200 gramas.
  • O sal grosso é, de acordo com a tradição gaúcha, o único tempero do verdadeiro churrasco. O certo é fazer uma salmoura e ir colocando sobre a carne. Alguns evitam colocar na carne crua (para não endurecê-la) e só salgam depois de algum tempo na churrasqueira.
  • Na hora de assar, o fogo deve estar estabilizado. Contenha as labaredas, mas evite utilizar água (fazer isso compromete o calor das brasas e o ponto da carne).
  • O momento indicado para colocar a carne é quando se formam as brasas e aparece uma camada de cinzas sobre elas.
  • O correto é espalhar bem o carvão com um espeto. Ao colocar a carne — que pode ser em um espeto ou grelha —, asse até formar um suco sobre ela. Após isso, vire para assar do outro lado.
  • Para obter o melhor assado, mantenha espetos a uma distância de 40cm do fogo.

E aí, gostou do nosso post sobre os aparelhos de churrasco? Agora que você conhece como escolher a churrasqueira perfeita, que tal aproveitar a visita e assinar nossa newsletter? Assim, você receberá nossas atualizações em sua caixa de entrada. Bom apetite!