Brasil, país tropical, calor de 40 graus, horário de verão e umidade relativa do ar digna de causar inveja em qualquer deserto. Usar o ar-condicionado ou ventilador já não são opções tão legais para refrescar a casa, afinal, o uso regular desses equipamentos pode deixar a conta de energia consideravelmente mais cara no fim do mês.

Mas temos uma boa notícia! Existem algumas alternativas simples, de baixo custo e até naturais que podem diminuir a sensação de abafamento na residência.

Interessou-se pelo assunto? Então continue lendo este artigo e confira 10 dicas de sucesso que vão ajudar você a refrescar a casa e proporcionar um melhor conforto térmico para os ambientes. Acompanhe!

1. Use insulfilm nos vidros da janela

O insulfilm tem sido muito utilizado para proteger os vidros dos veículos. No entanto, sua aplicação também pode ser feita nas janelas das residências com o objetivo de diminuir o desconforto térmico. Isso porque a película presente nesse tipo de material tem a capacidade de isolar o calor que é causado pelo reflexo dos raios solares.

Dessa forma, mesmo com a película protetora, a casa manterá a luminosidade interior sem prejuízos. Além disso, você ainda pode garantir privacidade e melhorar a segurança para todos os moradores.

2. Utilize lâmpadas LED

Para quem deseja refrescar a casa, uma boa opção é trocar as lâmpadas incandescentes ou halógenas pelas de led. Além de possuírem uma vida útil mais longa e oferecer uma maior economia de energia, elas não esquentam o ambiente.

3. Prefira cores claras

As tintas nas cores claras, como pastéis, creme e branco, são ótimas alternativas para quem deseja um espaço bem iluminado. Ademais desse benefício, tons menos intensos podem amenizar a sensação térmica dentro de casa, pois têm a capacidade de refletir a luz sem absorver o calor. Assim, vale a pena inspirar-se em tons que tragam leveza e frescor para a residência.

4. Posicione aberturas com cobogós

Em termos gerais, os cobogós são blocos vazados geralmente feitos de cerâmica ou concreto. Esse tipo de material conta com diversos desenhos, cores, modelos e tamanhos para substituir os tijolos convencionais nas divisórias em interiores ou compor fachadas das casas. Dessa forma, além de decorarem a residência, eles favorecem a entrada de luminosidade e ventilação nos ambientes.

5. Faça saídas de ar no teto

Aberturas no teto ou próximas dele, como janelas pequenas nas paredes, podem ajudar na remoção do ar quente e deixar o recinto mais agradável. Isso porque, com a circulação do vento, o ar mais quente e leve tende a subir, ao mesmo tempo em que o ar mais frio e pesado tende a descer. Isso permite que o ambiente seja preenchido por um ar mais fresco e haja uma melhora significativa no conforto térmico.

6. Utilize manta térmica no telhado

Em dias muito quentes, as residências ficam mais abafadas devido ao aquecimento do telhado. Nesses casos, para diminuir essa sensação e refrescar a casa, uma boa dica é usar manta térmica no telhado, posicionada entre as madeiras e as telhas.

O fato de ela ser composta por, pelo menos, duas camadas de alumínio, cria uma barreira radiante que impede que o calor absorvido seja transferido para o interior da construção, permitindo um clima mais ameno.

7. Evite telhas de fibrocimento ou alumínio

Além da manta térmica, a cobertura de uma habitação deve receber uma atenção especial, pois a maior parte do calor absorvido por um imóvel vem do telhado, que recebe a radiação do sol durante todo o dia e transmite-a depois para a laje e a casa.

Essa condição acontece com qualquer tipo de telha. No entanto, as de fibrocimento e de alumínio tendem a absorver muito mais os raios solares do que os outros tipos, pelo fato de elas terem pouca resistência térmica. Sendo assim, para diminuir o aquecimento interno na residência, é melhor optar pelas telhas de cerâmica.

8. Aproveite o ar fresco da noite

Durante a noite, a sensação térmica costuma ser mais amena. Para manter esse frescor por mais tempo, abra as janelas (caso seja seguro), e deixe que o ar circule pela casa. Dessa forma, você conseguirá dormir melhor em um ambiente mais agradável.

Contudo, para evitar os possíveis incômodos provocados pelos insetos, vale a pena providenciar uma tela de proteção. Posteriormente, antes que o dia amanheça, feche as cortinas para conseguir manter a casa mais fresca durante o dia.

9. Invista em plantas e itens com água

As plantas são ótimas opções tanto para decorar ambientes quanto para ajudar a manter a umidade e diminuir a temperatura neles. Nesse sentido, vale usá-las a seu favor, fazendo um pequeno jardim ou distribuindo lindos vasos pela casa. No entanto, aconselha-se escolher as espécies que se adaptam ao calor e a ambientes fechados, como lírio da paz, pau d’água, chamaedorea, zamioculcas e ráfis.

Associados às plantas para compor o paisagismo, itens com água — como aquários, fontes e espelhos d’água — podem trazer sofisticação ao mesmo tempo que refrescam a casa. Isso acontece, semelhante às plantas, devido ao aumento da umidade e à redução da temperatura do ar provenientes da evaporação, o que contribui, diretamente, para o conforto térmico.

10. Aposte nos tecidos leves de cores claras

No verão, alguns tecidos grossos e com cores escuras, como camurça e veludo, podem provocar desconforto por reter calor. Nesse caso, o ideal é substituir tapetes peludos, cortinas e roupas de cama por itens de tecidos mais leves de cores neutras e claras. Para almofadas e sofá com tecido pesado e tonalidade mais escura, cobri-los com capa de algodão ou linho em cores claras pode ser uma ótima alternativa.

Dessa forma, mesmo que a temperatura externa esteja elevada, com essas dicas infalíveis será possível refrescar a casa, sem aumentar o consumo de energia ou ter um gasto de dinheiro desnecessário. Além disso, com os ambientes mais arejados, o lar se tornará um lugar bem mais agradável e aconchegante para toda a família.

Se você ainda ficou com alguma dúvida ou gostaria de saber mais informações sobre tudo o que falamos no post de hoje, entre em contato com a gente e nós poderemos ajudá-lo da melhor forma possível!