Algum dia você já considerou a hipótese de criar uma decoração com tijolo de vidro? Pois deveria! Charmoso e cheio de personalidade, ele voltou a ser usado na arquitetura e na decoração. Com modelos, cores e formatos variados, combina com diversos estilos de décor.

E não é só na beleza que os tijolos de vidro vêm conquistando adeptos. Na funcionalidade também! Entre suas características mais marcantes estão a resistência, a versatilidade e a possibilidade de ampliar o uso da luz natural nos ambientes, sem perder em elegância.

Por isso, criamos um miniguia para que você entenda como usá-los em sua casa de forma criativa e prática. Aqui, você vai entender em que cômodos ele se encaixa, quais modelos usar, além de suas vantagens e desvantagens. Inspire-se!

Onde aplicar os tijolos de vidro

Essa é uma questão importante, já que eles podem ser usados em qualquer cômodo da casa! Eles são incríveis saídas para quem busca aumentar a luminosidade, criar a sensação de amplitude e embelezar os ambientes.

Tijolos na cozinha

É um dos lugares onde eles são mais utilizados. Há projetos que apostam em paredes inteiras feitas desse material. Outro uso tradicional é para bancadas de cozinha americana. Seja no tampo ou nas bases, o tijolo de vidro é usado e garante leveza.

Vidro na sala de jantar e estar

É possível explorar os tijolos de vidro para criar nichos de decoração ou mesmo pontos de entrada de luz, sem necessariamente criar janelas. É uma tática que dá alegria e charme às salas.

Tijolos de vidro no teto

É uma boa solução para quem quer explorar ao máximo a entrada de luz natural na casa. Os blocos de vidro funcionam imitando claraboias, permitindo a entrada da luz solar. É ótimo para quem deseja ter em casa um jardim de inverno, por exemplo.

Fachadas com tijolo de vidro

A decoração com tijolo de vidro na fachada da casa cria um jogo de luz e sombra interessante. É um recurso muito rico para quem busca uma inovação na fachada da casa. 

Uma opção entre os modelos 

Como dito anteriormente, há diversos modelos disponíveis no mercado. Na hora de escolher, é importante lembrar-se da funcionalidade e do estilo de decoração que será usado na sua proposta!

Tradicional fixo

É o modelo mais comum, e também o mais utilizado em nosso país. Esse tipo de tijolo é fechado, semelhantemente a um bloco convencional. O que varia é o tipo de acabamento do vidro, suportando diferentes efeitos: liso, ondulado, canelado.

Vazado com ventilação

Ele parece com o modelo tradicional, mas o encaixe dos vidros é inclinado, o que permite uma abertura para circulação de ar. O ideal é usá-lo em ambientes cobertos para evitar entrada de água durante períodos de chuva.

Colorido

Para projetos que fogem da tradicionalidade e permitem extrapolar os tijolos transparentes, há também opções de vidro coloridas! Toques coloridos alegram qualquer ambiente, e imprimem muita personalidade. Além disso, durante a incidência de luz, esses tijolos de vidro refletirão a cor escolhida num maravilhoso efeito de vitral.

Vantagens do tijolo de vidro

  • Iluminação: a decoração com tijolo de vidro é uma forma inteligente de explorar a luz natural, a medida que permite criar “falsas janelas” para que raios luminosos entrem durante o dia. Tal toque especial e cheio de estilo aumenta a qualidade de vida e diminui a conta de energia;
  • Separação de ambientes: é um uso tradicional desse tipo de material: paredes de tijolo vítreo são indiscutivelmente erguidas mais rapidamente. Uma alternativa excelente para quem busca por sofisticação;
  • Decoração: os tijolos de vidro decoram bem em múltiplos ambientes, inclusive no banheiro. Blocos podem ser usados até para substituir o box tradicional;
  • Isolamento acústico: isso mesmo! É uma opção incrível para isolar o cômodo dos barulhos externos. Pode ser bem vindo no quarto do bebê, por exemplo.

Desvantagens do tijolo de vidro

  • Estrutura: tijolos de vidro não são elementos estruturais. Apesar de ter boa resistência, precisam de vigas e pilares para serem afixados. E eles não suportam excesso de cargas;
  • Custo: infelizmente, os tijolos de vidro têm um custo bem mais elevado do que os tradicionais. O que pode onerar o orçamento;
  • Manutenção: a limpeza desse material não é tão simples, por isso necessita mais cuidados. Além disso, ele é sensível a riscos e manchas.

Curtiu nossas dicas? Quer saber mais sobre arquitetura, decoração e construção civil? Então, aproveite para nos seguir no Facebook!