Pensando em reformar? Acabou de se mudar para um apartamento maior? Ou simplesmente quer dar uma cara nova para o seu velho quarto? Qualquer que seja a sua intenção, é essencial pensar com carinho quando o assunto é decoração de quartos.

Afinal, de nada adianta investir em um projeto de decoração complexo e cheio de detalhes se ele não corresponde às suas reais necessidades e, principalmente, à sua personalidade.

É por isso que um décor simples – mas belo e funcional – chama mais atenção do que um design elaborado, porém, descaracterizado. Entretanto, tenha sempre em mente que simplicidade não significa amadorismo, ou seja, a ideia é fazer uma decoração simples, fácil e prática, mas que reflita o caráter profissional do décor.

Para isso, daremos dicas sobre o foco central da cama, iluminação correta e paleta de cores apropriada. Acompanhe este post e compreenda cada detalhe em 5 dicas!

1. Comece a decoração do quarto pela cama

Qual a primeira coisa que chama sua atenção ao entrar em um quarto? Claro, é a cama! Por isso, esse espaço demanda carinho e cuidado redobrados, qualquer que seja o estilo de interiores do ambiente.

Um jogo de roupas de cama que dialogue com o restante do décor – seja nas cores ou estampas – é ponto chave para garantir uma decoração harmoniosa. Assim como o edredom, os demais acessórios como almofadas e peseiras também ajudam na composição do quarto.

Além do conforto que esses itens proporcionam, a outra vantagem de investir em roupas de cama e acessórios de qualidade é que você pode alterná-los regularmente para não se cansar do décor. Mudar o edredom ou a capa da almofada já é o suficiente para transformar o espaço.

A cabeceira da cama também faz parte do foco central do dormitório. Portanto, nunca subestime esse item: pode ser de madeira, de ferro, almofadada… o importante é que a cabeceira também complemente o estilo do cômodo.

Sobre a posição da cama, se o quarto for de solteiro, você pode encostá-la na parede para otimizar o espaço de circulação. Mas lembre-se que essa não é uma alternativa viável para quartos de casal, pois, nesse caso, quem for dormir do lado virado para a parede terá sua circulação prejudicada.

2. Pense no seu estilo de decoração

Começar pela cama é um ótimo caminho, mas isso nada adianta se você ainda não tiver um estilo de decoração definido. Afinal, nem sempre é possível combinar harmoniosamente elementos característicos de diversos estilos diferentes.

Ou seja, se a ideia é optar por um visual mais clássico – clean, neutro, minimalista – saiba que esse conceito deve predominar entre todos os elementos do quarto: móveis, cortinas e demais objetos decorativos, como quadros, vasos e luminárias. Nesse tipo de décor, móveis em madeira, com linhas curvas e pés arredondados são sinônimos de classe e elegância.

Já se você optar por um clima mais contemporâneo, moderno e arrojado, invista em itens de design característico, com cores vibrantes ou formas irregulares. Produtos de fabricação exclusiva também são ótimas alternativas nesse caso. No entanto, vale lembrar que eles são consideravelmente mais caros.

Se for de sua preferência, saiba que é possível contrastar dois estilos diferentes, desde que você restrinja o contraste a apenas um item do décor. Por exemplo: para quebrar a seriedade de um quarto de estilo clássico, opte por uma única parede colorida ou mesmo uma roupa de cama mais arrojada.

Sobre os demais elementos decorativos, use-os conscientemente. Isso evita pesar o décor ou cansar os olhos com o excesso de informação. Em linhas gerais, o importante é que o quarto reflita um estilo predominante e que, ao mesmo tempo, dialogue com a personalidade do dono.

3. Defina a paleta de cores 

Uma paleta de cores nada mais é do que um conjunto de tons que se complementam harmoniosamente. Esse item é fundamental em qualquer lista de sugestões para um projeto de interiores bem executado.

Portanto, não tenha pressa. Pesquise com atenção a paleta de cores ideal para o estilo de decoração que você quer dar ao quarto. Tenha em mente que a paleta escolhida precisa ser seguida à risca para não comprometer a harmonia entre os elementos, de modo que todos os tons estejam em perfeito diálogo.

Ou seja, as cores da paleta escolhida devem se estender desde os itens principais do dormitório – paredes e móveis – até os detalhes, como cortinas, roupas de cama e almofadas.

Não é regra, mas, tendencialmente, a decoração de quartos pede cores mais neutras e suaves. Afinal, esse é um ambiente de descanso. Cores escuras podem criar a sensação de que o quarto é pequeno e pouco ventilado.

Se você quiser deixar o ambiente mais vibrante sem perder a característica de dormitório, vale a pena colorir, texturizar ou adesivar uma das paredes – preferencialmente, a que fica por detrás da cama.

Assim, você não enjoará do décor. Mas, caso isso aconteça, sempre existirá a possibilidade de trocar os tecidos ou objetos decorativos para dar uma cara nova ao ambiente.

4. Acerte na iluminação

Esse é o grande segredo para refletir o clima de aconchego e tranquilidade esperado em toda decoração de quartos. Assim como em qualquer canto da casa, é necessário favorecer a entrada de luz natural.

E, sobre a iluminação artificial, nada de luzes brancas. Dormitórios pedem luz central amarela, que é mais acolhedora e transmite a sensação de que está na hora de descansar. Se o quarto possuir forro de gesso, você pode instalar luminárias embutidas.

A iluminação indireta pode ser feita com luminárias de piso ou em coluna, pois permitem regular sua altura, direcionando o foco da luz para uma poltrona de leitura, por exemplo.

Fitas de LED também são opções modernas e práticas para clarear prateleiras, nichos e até armários. 

5. Aposte em espelhos

Todo mundo sabe o poder que os espelhos têm de conferir amplitude e leveza a qualquer ambiente. Então, por que restringir o tamanho do espelho? Os especialistas garantem que não compensa.

Espelhos grandes ou instalados em toda uma extensão – de uma parede a outra ou do chão ao teto – valem o custo-benefício, já que são capazes até de duplicar sensorialmente os espaços, transformando a decoração do ambiente e valorizando o conceito de décor escolhido.

Viu só? Com criatividade, dedicação e produtos de qualidade, não é difícil fazer uma decoração de quartos viável, charmosa, funcional e, claro, muito confortável. E o melhor: sem a necessidade de projetos complexos e caros!

Quer ficar por dentro das melhores dicas sobre decoração e estilo? Então curta nossa página no Facebook!