Apesar de o telhado ecológico ser um assunto em alta no momento, ele já foi representado em antigos desenhos dos Jardins Suspensos da Babilônia e fazia parte da arquitetura dos vikings há mais de mil anos.

Mais recentemente, tem sido usado na Europa desde a década de 60 e, desde então, foi ganhando espaço até virar uma tendência internacional. Por unir a valorização estética à sustentabilidade, muitas pessoas têm procurado saber mais a respeito desse tipo de cobertura.

Vamos esclarecer aqui suas principais dúvidas sobre ele: o que é, se é possível construí-lo em qualquer imóvel, de que maneira é feito, como funciona e que benefícios trazem. Portanto, se você deseja um lar perfeito que siga as tendências do momento, não deixe de acompanhar este artigo!

O que é telhado ecológico?

Conhecido também como telhado verde, ecotelhado, cobertura vegetal ou terraço jardim, o telhado ecológico é a aplicação de uma camada vegetal sobre uma estrutura preparada adequadamente para recebê-la, tanto em telhados convencionais quanto lajes.

Essa alternativa paisagística une sustentabilidade, arquitetura, design e utilidade. Com isso, embeleza de forma ímpar o local, garante maior valorização ao imóvel e traz diversos outros benefícios que serão apresentados ao longo do post.

Qualquer imóvel pode ter um telhado ecológico?

A princípio, qualquer imóvel pode ter um telhado verde. A camada vegetal pode ser implementada em qualquer tipo de construção (metal, concreto ou madeira) e sua montagem dependerá do tipo de estrutura. No entanto, é imprescindível que um engenheiro seja contratado para avaliar se a estrutura da obra comportará o peso extra da vegetação.

Se a edificação já existe, é possível adaptá-la com uma reforma no telhado. Há empresas que trabalham com módulos pré-fabricados que são bem mais leves que os tradicionais de terra. Dessa forma, mesmo as casas já construídas podem contar com um telhado verde, bastando que as telhas de cerâmica sejam retiradas para a colocação de placas feitas de madeira compensada.

Como o telhado ecológico é feito?

O telhado verde é feito em camadas, formando um sistema sustentável perfeito para a conservação das plantas e proteção da estrutura. Após a contratação de um engenheiro para avaliar a obra, são realizadas adaptações e revisão de toda a superfície antes da colocação dos materiais. Isso evitará problemas futuros com infiltrações e vazamentos. 

Inicialmente, a estrutura é impermeabilizada por meio de uma membrana à prova d’água. A seguir, é posta uma barreira contra as raízes da vegetação para que não elas prejudiquem a base quando crescerem. Então é a vez da camada responsável pela drenagem da água. Normalmente utiliza-se argila expandida, que facilita o escoamento da água, mantém o solo arejado e também impede o apodrecimento das raízes.

Em seguida, é colocada uma manta geotêxtil permeável para impedir que a terra e a argila se misturem. A terra e a vegetação são colocadas em seguida. É importante que a camada de terra adubada seja de, no mínimo, 10 centímetros. Dependendo do índice pluviométrico da região, será necessário instalar um sistema auxiliar de irrigação também.

Qual vegetação é a mais indicada?

Isso depende da estrutura da obra. Em geral são utilizadas plantas nativas por serem mais resistentes às variações do clima. As gramas esmeralda, russélia, amendoim, clusia e aspargo são excelentes sugestões. Em lajes, ainda é possível decorar com móveis para área externa e, dessa forma, criar um maravilhoso espaço de recreação.

O telhado verde também é usado para o cultivo de pequenas hortas e jardins com flores e arbustos. A manutenção é semelhante à limpeza de jardins e quintais tradicionais. Para facilitar ainda mais, é preferível escolher uma vegetação de crescimento lento e porte baixo.

Quais as vantagens da construção do telhado ecológico?

Além de aumentar a beleza da residência de forma singular, há diversos outros benefícios na implementação de camada vegetal no telhado. Confira!

Retém a água da chuva

A vegetação e a terra ajudam a drenar as águas da chuva. Assim, contribuem de maneira bastante significativa para a diminuição de enchentes e alagamentos nas cidades. A água retida servirá para regar as plantas — contribuindo para o sistema sustentável — e o restante ainda poderá ser reutilizado para outros fins.

Diminui as temperaturas interna e externa

Lajes e telhas propagam altas temperaturas em grande escala. O telhado verde, por sua vez, absorve cerca de 90% mais calor que essas construções tradicionais. Dessa forma, evita-se a formação de ilhas de calor, e a temperatura no interior da obra é mantida amena — impedindo que o calor entre durante o verão ou saia durante o inverno. Com isso, o consumo de energia também diminui, pois não há necessidade do uso de ares- condicionados ou aquecedores.

Reduz a poluição

Quanto mais telhados verdes, menos poluição! A vegetação absorve carbono e outros gases resultantes da poluição e libera oxigênio na atmosfera. Assim, o telhado ecológico melhora a qualidade e a umidade do ar na casa e nas proximidades. 

Promove o reequilíbrio ambiental e a biodiversidade

Ao plantar várias espécies de vegetação no telhado ecológico, há um aumento da biodiversidade e do o reequilíbrio ambiental, principalmente se forem usadas plantas nativas. Esse espaço será um miniecossistema e servirá como um habitat para pássaros, borboletas, dentre outros. Além disso, haverá maior interação entre o homem e o ambiente, melhorando a qualidade de vida.

Contribui para maior durabilidade das construções

Telhados convencionais e lajes precisam de reparos de tempos em tempos por ficarem expostos diretamente ao clima e as suas variações. Ao proteger a estrutura e aumentar sua durabilidade, o telhado verde exige menos manutenção.

Você viu que o telhado ecológico é uma tendência da arquitetura que pode ser implementada em qualquer edificação. Além de criar um efeito visual maravilhoso, o espaço pode ser usado para recreação e aumenta o contato com a natureza e a qualidade de vida.

As vantagens são extremamente abrangentes, pois beneficiam não só os que moram na residência, mas também a sociedade e o ecossistema. Gostou de conhecer o telhado ecológico? Então compartilhe este texto em suas redes sociais para que mais pessoas possam entender o assunto também!