De fibra, felpudos ou carpetes. Qualquer que seja o material, os tapetes reúnem sofisticação, aconchego e muito conforto para o seu lar. Afinal, nada como chegar em casa e poder repousar os pés cansados sobre uma superfície macia à beira do sofá, não é mesmo? Porém, para garantir esse ritual revigorante é preciso que a peça esteja devidamente limpa, sem manchas ou odores indesejados. Mas você sabe como limpar tapete de forma adequada?

Não é difícil. Basta um pouquinho de cuidado e dedicação para manter a peça sempre vistosa e confortável. A seguir, você confere cinco dicas incríveis para acertar em cheio nessa tarefa, conservando a beleza e a vida útil do seu tapete. Vamos lá!

1. Confie na dupla água + detergente

Você pode até investir em produtos específicos encontrados nas prateleiras do supermercado. Mas a boa e velha dupla água + detergente continua sendo a campeã da limpeza diária. Essa é uma mistura simples, porém extremamente poderosa para retirar toda a poeira e gordura do tapete.

Se não for possível lavá-lo, bastam algumas gotas de detergente diluídas em um litro de água para retirar a sujeira do dia a dia. Comece a limpeza com uma vassoura macia e finalize com o auxílio do rodo e do pano embebido no detergente.

Para remover sujeiras ou manchas pontuais, experimente colocar essa solução em um borrifador e aplicar no tapete com a ajuda de uma escova de cerdas macias. Dessa forma, conforme os movimentos circulares que você fizer, a sujeira vai se soltando.

Aí é só finalizar com um pequeno enxágue e pano seco que não solte fiapos. Deixei a umidade restante secar naturalmente. No entanto, se o tempo não estiver bom, você pode agilizar o processo com o truque do secador de cabelos.

2. Utilize vinagre para desinfetar ou tirar manchas

Ok, água + detergente serão sempre um clássico da limpeza, já que essa solução limpa tudo. Ou quase tudo. Alguns tipos de sujeira poderão ser mais resistentes e aí será preciso investir em outro grande aliado caseiro: o vinagre branco.

Além de suas propriedades desinfetantes, o vinagre consegue remover manchas sem comprometer o material ou a tintura do seu tapete, o que não seria possível com o uso de produtos clorados, por exemplo. Aliás, nem pense em utilizar cloro ou água sanitária para limpar o tapete. Esse tipo de substância certamente vai descolorir a peça.

Então, se o seu cachorro fez xixi em cima do tapete, se derrubou café, refrigerante, ketchup etc, já sabe: o melhor a fazer é utilizar vinagre. Pode apostar!

Comece a limpeza com um papel toalha para absorver a sujeira grossa. Em seguida, borrife um pouco de vinagre sobre a peça. O produto vai penetrar suavemente nas fibras do tapete, neutralizando os odores e desfazendo eventuais manchas.

Para finalizar, utilize um pano úmido e deixe secar naturalmente. E lembre-se: quanto antes você notar a sujeira e começar a tarefa, mais eficaz será a limpeza e a remoção da mancha.

3. Nunca esfregue com força

Tapetes são peças delicadas. Por isso, via de regra, a força é inimiga da perfeição. Se necessário, deixe o produto de limpeza agir na peça por alguns minutos antes de esfregá-la. E sempre leia a etiqueta da peça para saber o quão resistente ela é.

Os tapetes de fibra, por exemplo — sejam elas naturais ou sintéticas — certamente vão trazer a recomendação básica de não utilizar esfregões ou vassouras de cerdas duras. Para a limpeza diária desse tipo de peça, o mais indicado é utilizar uma escova de cerdas macias. E, eventualmente, o aspirador de pó.

Mas lembre-se: o equipamento deve ter um bocal liso para não desfiar o tapete. Colocar uma fronha de algodão no bocal é um truque que também facilita muito essa operação. E, caso você tenha pets em casa, poderá recorrer ao uso do aspirador com mais frequência. Afinal, ele será o seu maior aliado contra os pelos que os bichinhos espalham pela casa.

4. Faça seu próprio removedor para limpar tapete a seco

Já falamos do vinagre, mas existem outros fortes aliados caseiros da limpeza doméstica, como o bicarbonato de sódio e o amido de milho. Para uma lavagem a seco bem-sucedida, misture proporções iguais dessas duas substâncias e polvilhe de forma suave em toda a extensão do tapete.

Deixe agir por alguns minutos, que é o tempo necessário para essa solução “sugar” a sujeira mais profunda do seu tapete. Depois é só utilizar o aspirador de pó e pronto! É ou não é uma solução superprática?!

5. Proteja o tapete se for lavá-lo na máquina

A limpeza a seco geralmente dá conta do recado. Mas se, eventualmente, você quiser lavar o tapete na máquina, a primeira coisa a se fazer é observar as instruções de lavagem na etiqueta da peça. Se houver a recomendação de não lavar na máquina, nem tente! Caso contrário, o prejuízo será inevitável. Mas, se o item puder ser lavado, a principal recomendação é nunca colocá-lo desprotegido dentro do tambor do equipamento.

Procure envolvê-lo em um lençol ou em uma capa própria para isso. Assim, você garante que o tecido e a tintura do tapete serão preservados, além de não correr o risco de ele desfiar ou soltar fiapos com o atrito da lavagem.

Outros cuidados de manutenção

Além das dicas incríveis que listamos sobre como limpar tapete, existem outros cuidados básicos que você precisa ter quanto ao material da peça e a frequência da limpeza, que deve ser proporcional ao fluxo de pessoas ou pets na casa. Aqui vão eles:

  • tapetes de couro: não devem ser expostos diretamente ao sol, pois o calor poderá desbotá-los ou provocar rasgos;
  • tapetes de fibra: são opções sustentáveis e práticas, pois não acumulam poeira. Mas, por serem pouco resistentes à umidade, só poderão ser lavados a seco;
  • carpetes: são o suprassumo do aconchego e elegância. Contudo, precisam ser aspirados quase que diariamente, além disso, devem ficar em locais arejados.

Inclusive, manter os cômodos da casa sempre ventilados e aproveitar a entrada da luz natural também é uma maneira muito eficaz de deixar os tapetes livres de ácaros ou odores indesejáveis.

Agora que você já sabe todos os segredos sobre como limpar tapete de forma ágil, prática e eficiente, chegou a melhor parte: ir às compras e escolher aquela peça que tem tudo a ver com a decoração da sua casa. Aproveite e confira seis opções mágicas para se inspirar!