Muito próximo da decoração minimalista, o estilo escandinavo é uma tendência europeia que surgiu no século XX e conquistou adeptos mundo afora. Apesar de parecerem palavras contrárias, a simplicidade e o requinte andam juntos nesse tipo de composição. Vamos explicar: no estilo escandinavo, investir em um décor simples não significa escolher materiais simplórios.

Pelo contrário, a ideia é apostar em um visual contemporâneo e chique, mas sem exageros ou muita informação. É por isso que ele se assemelha ao minimalismo. A diferença é que o estilo escandinavo reflete mais a personalidade dos donos da casa, utilizando peças de design característico que refletem o gosto dos proprietários.

Neste post, explicamos como surgiu esse estilo e reunimos as principais dicas para você aplicá-lo em casa de uma maneira sutil, única e apaixonante. Vamos lá!

Como surgiu o estilo escandinavo?

O estilo escandinavo nasceu na Europa no século XX, mais precisamente na região nórdica conhecida como Escandinávia, que abrange Suécia, Dinamarca, Noruega e Finlândia. As referências são próprias da região, muito marcada pelo artesanato local e paisagem típica, famosa pelas longas horas de escuridão e invernos prolongados.

O cenário sombrio reflete as características desse tipo de décor, caracterizado pela combinação de ambientes amplos, cores pálidas, iluminação natural e linhas horizontais a perder de vista. As cores neutras e os acabamentos em vidro aliados ao toque rústico da madeira são os elementos mais característicos, pois conseguem transparecer a atmosfera natural da decoração sem abrir mão do conforto, do requinte e do aconchego.

Como utilizá-lo na decoração da casa?

Comece com uma base neutra

A base neutra como pano de fundo é sempre o ponto de partida do estilo escandinavo. Por isso, se você quer adotar esse estilo de uma forma inconfundível, só há três opções de cores para nortear a escolha dos pisos e revestimentos da casa: branco, bege ou cinza. Abre-se uma exceção para os tons off-white, como o gelo, que também são bem-vindos no estilo.

Essas cores conseguem captar a essência da paisagem do norte europeu e devem vir combinadas com elementos levemente envelhecidos, como a madeira rústica e os objetos de decoração que seguem a mesma proposta. Fotografias com efeito sépia e plantas silvestres são exemplos de elementos que harmonizam muito bem com o tema.

Quem não abre mão das cores mais vivas pode investir nos tons de castanho, vermelho, amarelo, azul e verde, porém, em nuances mais opacas. A ideia é que nada no ambiente salte demais aos olhos, pois, no estilo escandinavo, o excesso de informação e os espaços muito carregados estão proibidos. A circulação deve ser o mais livre possível, sempre prezando pelas sensações de leveza e amplitude nos cômodos.

Priorize a iluminação natural

Não há como falar em leveza e amplitude sem falar de iluminação natural. Não é à toa que o vidro é um dos elementos marcantes do estilo escandinavo. Janelas amplas e cortinas leves são acabamentos que harmonizam muito bem com esse tipo de décor, contribuindo para o máximo aproveitamento da luz solar.

Quanto à iluminação artificial, recomenda-se priorizar o uso de lâmpadas brancas e potentes para evitar qualquer tipo de sombra que escureça os cômodos. Pendentes com fios longos e luminárias de chão são ótimas opções decorativas, além de muito funcionais. Apenas tenha cuidado para que o tamanho desses itens seja proporcional ao ambiente.

Decore com móveis de madeira

O toque rústico da madeira favorece o efeito naturista do estilo escandinavo. O material também é muito utilizado porque consegue quebrar qualquer sinal de monotonia causado pela base neutra. Isso sem falar que, por ser de origem nobre, a madeira traz sofisticação e requinte para a decoração, além de aquecer os ambientes e o olhar com o aconchego característico.

Combine os móveis amadeirados com acabamentos em vidro e aço para criar uma atmosfera que seja ao mesmo tempo rústica e contemporânea. Os demais elementos devem seguir essa mesma pegada, refletindo as cores e os materiais típicos da natureza, como a cerâmica e as pedras naturais.

Aposte em tecidos característicos

Os tecidos são grandes aliados do estilo escandinavo, pois, assim como a madeira, eles aquecem o ambiente, reforçando a sensação de acolhimento. Linho, lã, algodão e peles (sintéticas, por favor!) são os tecidos mais utilizados, principalmente em tapetes e mantas para cobrir sofás, assentos e poltronas.

Como aplicá-lo em cada ambiente?

Sala

Piso amplo, revestimento claro e iluminação fria. A combinação desses elementos é perfeita para compor uma sala em estilo escandinavo. Um sofá com base de madeira e um belo aparador no hall de entrada ajudam a quebrar a atmosfera neutra de forma leve e sofisticada. Evite contrastes grandes demais, deixando cores e materiais mais característicos apenas para elementos pontuais, como mantas e almofadas.

Quarto

Nos dormitórios, as roupas de cama deverão ser sempre claras, reforçando a ideia de conforto natural. Alguns designers ainda indicam deixá-las levemente amarrotadas, porque, assim, refletem o clima mais hostil da paisagem escandinava. As cortinas devem ter tecidos leves e fluidos. Portanto, a dica é escolher uma cortina blackout com sobreposição clara.

Cozinha

É normal que a cozinha seja um dos cômodos com mais informação na casa, já que é repleta de eletrodomésticos e acessórios do dia a dia. Como o excesso de objetos não combina com o estilo escandinavo, o ideal é manter o mínimo de elementos possível sobre as bancadas, guardando o restante nos armários. Garanta que os objetos expostos reflitam a temática escandinava, combinando vidro, aço e madeira.

Banheiro

Como os banheiros e lavabos tendem a ser cômodos mais claros, não será difícil aplicar o estilo escandinavo no ambiente. Se você não quiser deixar o cômodo todo branco (piso e paredes), uma ótima dica é apostar no cimento queimado. Inclusive, já existem porcelanatos que imitam essa tendência, trazendo mais praticidade para o acabamento. Box de vidro e louças neutras complementam o décor.

Com essas aplicações, é possível explorar o melhor do estilo escandinavo na sua casa, trazendo luminosidade, simplicidade e requinte para o décor. Tudo isso sem dispensar elementos característicos do seu bom gosto e personalidade própria.

Gostou das dicas? Então assine a nossa newsletter e receba mais conteúdos como este!