Colher fruta direto do pé é um dos maiores prazeres desta vida! Mas engana-se quem pensa que esse é um costume exclusivo das cidades do interior. Com as ferramentas certas e um pouquinho de dedicação, é possível cultivar suas frutas preferidas também nas grandes cidades, em charmosas hortinhas de quintal — e as árvores frutíferas de pequeno porte são a solução perfeita para esses casos!

Além de proporcionarem frutas frescas em diversas épocas do ano, elas ainda contribuem para deixar seu lar muito mais bonito e pessoal. Bastam alguns cuidados específicos e pronto: você terá sua mudinha de árvore frutífera se desenvolvendo de forma saudável na varanda ou área externa. Gostou da ideia? Continue a leitura e inspire-se em nossas dicas!

Árvore de acerola

árvores frutíferas de pequeno porte para ter no quintal

Acerolas são famosas por conterem enorme fonte de Vitaminas C.

Natural da América do Norte, a acerola é uma fruta que se adaptou rapidinho ao Brasil e ficou famosa por ser rica em vitamina C. Ela pode ser cultivada em um vaso pequeno, em qualquer cantinho do seu jardim. Entretanto, vale lembrar que qualquer que seja a espécie de árvore frutífera escolhida, o ideal é que o vaso tenha, pelo menos, 10 cm de diâmetro a mais do que o torrão da muda.

Assim, é garantido que a árvore terá espaço suficiente para se desenvolver de forma saudável. Quanto à árvore de acerola, recomenda-se ainda que ela seja cultivada em vasos com solo do tipo argilo-arenoso, que retém mais umidade, pois a planta precisa de água em abundância. Não se esqueça de regar o vasinho quatro vezes por semana durante o verão, ou sempre que notar que a terra está seca.

 

Árvore de romã

árvores frutíferas de pequeno porte para ter no quintal

Além dos frutos, a romã também produz flores vermelhas que são ótimas para decoração.

Digamos que a romã não é assim tão popular como a acerola, mas, quanto aos benefícios para a sua saúde, podemos dizer que elas estão páreo a páreo. Você poderá plantar a árvore de romã diretamente na grama do jardim ou, se não tiver esse espaço disponível, dá para cultivá-la em um vasinho na varanda.

Outra vantagem do plantio dessa espécie é que, além dos frutos deliciosos, a árvore de romã também produz flores 

vermelhas que roubam a cena em meio às folhagens. Ou seja, é um charme a mais na decoração da área de lazer!

 

 

 

Pitangueira

árvores frutíferas de pequeno porte para ter no quintal_pitanga

Nativas da Mata Atlântica, as pitangas possuem um sabor incomparável.

Genuinamente brasileira, essa frutinha nativa da Mata Atlântica também não passa despercebida ao nosso paladar. Acostumada ao clima tropical, a pitangueira necessita de uma atmosfera quente e úmida para seu cultivo saudável. Isso significa que, se você quiser plantá-la no quintal de casa, deverá escolher um local ensolarado e regá-la todos os dias.

Quando plantadas diretamente sobre o solo, as pitangueiras atingem, em média, dois metros de altura. Mas, caso essa não seja uma opção viável para o seu jardim, você poderá plantá-la em um vaso decorativo pequeno ou médio, deixando-a mais baixa. Procure girar o vasinho periodicamente para garantir que a árvore está absorvendo calor de forma homogênea.

 

 

Jabuticabeira

árvores frutíferas de pequeno porte para ter no quintal

Extremamente saborosas, as jabuticabas compõem bem um ambiente interno.

Aqui está uma frutinha rara nas prateleiras dos supermercados. É por isso que quem cultiva árvores frutíferas de pequeno porte sabe o quão precioso é ter essas espécies dentro de casa. Com a jabuticabeira não poderia ser diferente. A única ressalva é que a planta costuma crescer demais — algumas jabuticabeiras podem atingir até dez metros de altura! Então, se a ideia é cultivá-la diretamente sobre o solo, é preciso ter uma área externa mais ampla.

Mas não se preocupe, pois também é possível plantá-la em dimensões reduzidas, como em um vaso de 50 centímetros de diâmetro. Dessa forma, você limita o crescimento exagerado da planta sem abrir mão dos saborosos frutos. Quanto à luminosidade e à rega, jabuticabeiras precisam de luz solar direta e devem ser regadas diariamente,  sobretudo no verão.

 

Pé de laranja pêra

árvores frutíferas de pequeno porte para ter no quintal

Bastante sol e pouca umidade no solo, a forma mais fácil de cultivar laranjas pera.

Se juntarmos a laranja pêra e a acerola, temos o combo perfeito da vitamina C para sucos antigripais e antioxidantes. Nada como ter essas espécies no quintal de casa e ao alcance das mãos, não é mesmo? E nem é preciso muito esforço, pois cultivar uma árvore de laranja pêra é bem fácil: basta saber que a planta adora sol, mas não gosta de solos muito molhados.

Por isso, sempre que for regar sua laranjeira, tome muito cuidado para não encharcar o solo. Além disso, observe se a terra realmente está seca, pois, caso ainda haja um pouco de umidade, nem será preciso regá-la.

 

 

Pé de limão siciliano

árvores frutíferas de pequeno porte para ter no quintal

Essa belíssima fruta serve não somente para fazer ótimos sucos, como para promover aquela decoração impecável.

Espécie bastante apreciada na culinária mundo afora, o pé de limão siciliano também pode ter lugar cativo na decoração do jardim. A maior vantagem de cultivá-lo em casa é justamente o fato de essa ser uma árvore de pequeno porte, ou seja, se desenvolve bem em qualquer espaço ou vasinho.

Geralmente, a espécie atinge cerca de um metro de altura, mas, dependendo de onde for o cultivo, ela poderá crescer mais do que isso. Quanto aos cuidados, eles tendem a ser um pouco mais específicos, já que o limoeiro não pode absorver sol o dia todo, embora necessite de algumas horas de luz solar diariamente. Já as regas devem ser feitas três vezes por semana.

 

 

Cuidados específicos

Como sabemos, toda espécie vegetal precisa de alguns cuidados para se desenvolver bem. As tarefas básicas incluem as regas frequentes e a exposição ao sol. No entanto, quando o assunto é árvore frutífera, o cultivo pode demandar cuidados extras, como adubação característica e podas regulares.

O tipo de adubo ou fertilizante a ser utilizado vai depender das particularidades de cada espécie, por isso, ao adquirir uma mudinha, é sempre bom ficar de olho nas informações da embalagem ou pedir orientação a um jardineiro. Quanto às podas, o ideal é que elas sejam realizadas depois da época de frutificação, favorecendo o começo de um ciclo saudável.

árvores frutíferas de pequeno porte para ter no quintal

E lembre-se: para essas tarefas, utilize sempre materiais específicos de jardinagem, caso contrário, você poderá comprometer a estrutura da planta. Com as ferramentas certas e com as mudinhas em mãos, agora sim você já está pronto para cultivar árvores frutíferas de pequeno porte no aconchego do seu próprio lar!

Gostou do post? Então aproveite e curta nossa página no Facebook para acompanhar as melhores tendências do setor!