Construir ou reformar são atividades similares, mesmo que os objetivos sejam diferentes. Exemplo disso é que, para ambas, a compra de materiais de construção possui um papel significativo no planejamento da obra, afinal, a escolha errada de materiais pode se traduzir em desperdícios e atrasos no projeto. E tudo isso pode encarecer a sua execução além do previsto.

Assim, neste post vamos avaliar 6 dicas e cuidados que você deve tomar ao comprar materiais de construção. Confira e compreenda como pequenos aspectos fazem uma grande diferença no resultado de sua obra!

1. Tenha atenção com os produtos fora de linha

A princípio, produtos fora de linha parecem uma boa opção por conta do preço acessível. Itens de coleção ou temporada costumam sair de linha com frequência! Alguns exemplos são:

  • pisos;
  • azulejos;
  • louças sanitárias.

Quando é lançada uma nova coleção, os fabricantes geralmente cessam a produção dos antigos materiais, tornando difícil a reposição. Caso haja necessidade de manutenção futura, você pode encontrar muitos obstáculos para substituí-los.

2. Avalie os materiais de construção de ponta de estoque

Outra oportunidade que tende a cativar o consumidor são os produtos de ponta de estoque. Só que a atenção e cautela devem ser adotadas para aproveitar os preços baixos, especialmente, com relação à quantidade que você necessita.

Ao selecionar o mesmo produto, mas de lotes diferentes, pode ocorrer uma variação de tonalidades entre os modelos. Consequentemente, a sua reforma ou construção fica desigual.

É importante avaliar as peças — se possível, peça para avaliá-las no estoque — para ver o estado em que se encontram. Além disso, pesquise se os itens continuam no catálogo da fabricante. Caso contrário, você pode cair na mesma armadilha dos materiais de construção fora de linha.

3. Certifique-se de avaliar as condições de todas as entregas

Assine o recebimento dos seus pedidos somente após avaliar as condições do material. Convém se informar se os lotes são de fato aqueles que você negociou na loja.

Caso algo não esteja de acordo com o que foi adquirido, não assine e informe, na nota fiscal, os problemas identificados. Em seguida, entre em contato com a loja para resolver a situação.

Isso pode atrasar o cronograma, porém, é um revés aceitável em comparação a problemas maiores e mais custosos. Por exemplo: você pode receber o piso da cozinha danificado, sem perceber, e isso pode ser um imprevisto mais difícil de resolver.

4. Pesquise as vantagens e cuidados ao comprar on-line

A internet é muito conveniente para agilizar e facilitar nossas compras. Quando falamos em materiais de construção, entretanto, vale observar os pontos positivos e desafios da decisão.

Entre as vantagens, podemos citar a facilidade para pesquisar os itens de sua preferência entre diferentes sites. Algo que se mostra benéfico também pela economia de tempo nessa tarefa.

Além disso, empresas on-line costumam apresentar bons descontos para atrair o consumidor, o que pode reduzir a previsão inicial orçada.

Por outro lado, muitos materiais de construção são técnicos e precisam ser analisados pessoalmente. Sem falar em particularidades de alguns produtos que você pode não se atentar durante a compra, encarecendo a obra no fim das contas.

5. Entenda os cuidados com materiais específicos

Ao afunilarmos a pesquisa para itens específicos, como a iluminação externa, redobre a atenção para características como:

Dispositivos elétricos

São os fusíveis, interruptores, cabos e disjuntores, por exemplo. Primeiramente, se atente com a tensão do local (110 ou 220 V) e, depois, tenha cuidado com materiais de cobre ou feitos com uma liga do mesmo.

Isso se deve ao fato de que itens produzidos com elementos ferrosos podem danificar toda a sua rede elétrica. Isso não se aplica às molas, aos parafusos e pinos, somente aos condutores de energia elétrica.

Areia e cimento

Dois dos materiais de construção mais utilizados também exigem cuidados específicos na hora da compra.

O principal diz respeito ao prazo de validade do cimento. Afinal, há quem compre materiais de construção com muita antecedência e isso pode empedrar o produto.

Com relação à areia, compre-a de acordo com a necessidade do seu projeto — comprar o material de construção por metro cúbico pode render uma boa economia.

Tintas

Além do prazo de validade, que deve ser observado com um cuidado extra, atente-se ao código do tom escolhido. Caso tenha que pintar na mesma cor, futuramente, essa identificação ajuda na escolha do mesmo produto.

Hidráulica

Com itens que vão desde o encanamento aos aquecedores de água, a parte hidráulica é muito técnica. Por isso, convém contar com um auxílio profissional nesse sentido.

Isso vai conferir mais precisão nas compras, evitando problemas com produtos errados para a execução da sua obra.

6. Conheça os seus direitos

Para que você sinta mais segurança ao adquirir materiais de construção, o Código de Defesa do Consumidor garante que:

Todos os itens comprados devem estar alinhados com as informações de suas respectivas embalagens, como:

  • características;
  • qualidade;
  • quantidade.

O prazo de validade deve estar exposto, assim como os riscos e cuidados ao manusear o material de construção.

Além disso, toda oferta deve assegurar ao consumidor aquilo que foi prometido, como descontos por pagamento à vista, parcelas e taxas de juros, entre outras informações.

Vale observar que itens que estejam com características divergentes devem ser trocados em até 30 dias corridos. Ou, caso o cliente prefira, pode receber de volta a quantia paga ou até solicitar um abatimento em produtos similares. Isso é válido para produtos que não possuam opção conserto, caso contrário, a loja pode solicitar esses 30 dias de reparo.

Por fim, fique de olho no prazo de desistência para compras on-line, físicas e por telefone. O Código de Defesa do Consumidor prevê que você tem até 7 dias corridos, contados a partir do recebimento dos materiais de construção. Além disso, vale lembrar que é importante sempre exigir a nota fiscal e guardá-la para solucionar eventuais problemas.

E então, o que achou das dicas que trouxemos neste artigo? Seguindo as recomendações que apresentamos aqui, a sua procura por produtos específicos para construção e reforma será muito mais conveniente, econômica e segura.

Agora, para obter mais dicas sobre o universo de materiais de construção e decoração direto em sua caixa de entrada, assine a nossa newsletter na coluna aqui ao lado!