Não é mais novidade que, quanto mais cedo os estudos começam, melhor para as crianças. Tendo isso em vista, todo esforço vale a pena quando se trata de incentivar os filhos a ter o hábito de estudar desde pequenos.

Nesse sentido, um dos primeiros pontos com que se preocupar é a existência de um espaço adequado em casa para que a criança possa se dedicar aos estudos e começar a criar gosto por fazê-lo diariamente.

No entanto, você sabe como preparar o quarto das crianças para deixá-lo adequado às práticas de estudo? Se não sabe, não se preocupe, pois, no post de hoje, daremos dicas incríveis para deixar tudo perfeito. Fique conosco e confira!

Crie o chamado “cantinho dos estudos”

Certamente, você já deve ter ouvido falar do “cantinho dos estudos”. Mas no que será que consiste esse cantinho mágico que promete fazer as crianças estudarem?

Infelizmente, de magia não há nada, mas o ponto é que os estudos estão diretamente relacionados com rotina e a organização. Dessa forma, ter uma área destinada exclusivamente aos estudos permite que a criança tenha sempre aquele espaço disponível para realizar deveres diariamente e à hora que bem entender.

Além de organizar a rotina, isso também auxilia a criança a associar aquele espaço à necessidade de se concentrar e assimilar conhecimento.

No entanto, é claro que esse cantinho não pode ser planejado de qualquer maneira. A seguir, daremos algumas dicas para que você monte o cantinho dos estudos ideal para o seu filho. Acompanhe!

  • Iluminação: é necessário que haja iluminação suficiente e confortável, podendo ser natural ou artificial;

  • Organização: a prática dos estudos está intimamente ligada à organização. Dessa forma, um local adequado e convidativo para a realização dos estudos requer organização constante;

  • Cadeira: se a criança ficará sentada durante o momento em que estiver estudando, é preciso que haja uma cadeira confortável;

  • Altura da mesa: a mesa tem de ter a altura correta para que a criança permaneça com a postura adequada durante toda a realização dos estudos;

  • Temperatura e ventilação: certifique-se de que o espaço tenha a temperatura e a ventilação adequadas para que os estudos sejam realizados da forma mais confortável possível.

Como podemos perceber, não é preciso nada muito elaborado ou custoso para criar um bom cantinho dos estudos. O mais importante é a produção de um espaço aconchegante e agradável, para que a criança sempre possa associar o momento dos estudos a algo positivo e tranquilo.

Invista em uma estante organizada

De maneira geral, todos os livros, apostilas, cadernos e afins são guardados na estante ou nos armários. Nesse sentido, é muito interessante que esses espaços sempre permaneçam rigorosamente organizados.

Para isso, confira se o que está sendo guardado realmente precisa estar lá. Afinal, a estante deve ser um local em que os materiais sejam identificados de maneira rápida e dinâmica — tanto por você, quanto pela criança.

Utilize caixas organizadoras

Aliado à dica acima, um bom jeito de manter as estantes e os armários bem organizados é lançar mão das caixas organizadoras.

Nelas, é possível guardar não só livros, cadernos e apostilas, mas também todo o material da criança — tais como lápis de cor, giz de cera, papel, cola, tesoura, entre outros.

Certifique-se de deixar tudo devidamente etiquetado, para que a criança consiga encontrar o que precisa com agilidade e rapidez.

Deixe a escrivaninha sempre bem preparada e posicionada

Esta dica está estreitamente ligada à existência do cantinho dos estudos. Como já dissemos, tente ao máximo fazer com que a criança estude sempre no mesmo lugar, impedindo que a cada dia ela o faça em um local diferente: um dia na mesa da cozinha, outro dia no sofá da sala, outro no chão e assim por diante.

Isso quebra a ideia de uma rotina organizada e abre espaço para que a criança estude cada vez menos e procrastine seus deveres e tarefas. Desse modo, assegure-se de que a escrivaninha do cantinho dos estudos sempre esteja devidamente limpa e arrumada, além de ter somente o que for necessário: um espaço para o computador, outro para o caderno, outro para os lápis e canetas, etc.

Outra dica interessante é o posicionamento da escrivaninha. No momento dos estudos, as distrações devem ser as menores possíveis. Assim, o ideal é deixar a escrivaninha de costas para a porta do quarto, pois, dessa maneira, mesmo quando houver circulação na casa, isso não constituirá distrações para a criança.

Aposte nos baús com rodinhas

Mais uma dica de organização (e também de decoração do quarto) são os baús com rodinhas. Muito funcionais, esses baús permitem não só guardar uma série de coisas dentro deles, como também podem funcionar como banquinhos e lindos objetos decorativos.

Deixe o quarto das crianças atrativo

Até agora, vimos como preparar o quarto das crianças com aquilo que é essencial. Entretanto, investir em elementos que deixem o ambiente mais atrativo também pode ser uma boa!

Nesse sentido, trouxemos algumas ideias:

  • Lousas: as lousas constituem um ótimo elemento de estudos, podendo ajudar nas tarefas e também na sistematização das atividades;

  • Luminária: as luminárias — além de agregar beleza ao quarto — são superfuncionais, deixando o ambiente sempre bem iluminado, seja de dia ou de noite;

  • Prateleiras: seja para o quarto de meninos ou meninas, as prateleiras são itens curinga. Além de darem um tapa no visual do quarto, elas também guardam cadernos, livros, apostilas, estampam fotografias e deixam o ambiente muito mais encantador para estudar.

Com essas dicas, com certeza ficou mais fácil saber como organizar o quarto das crianças de modo a incentivá-las a estudar. Como vimos, não há nada de muito especial, caro ou elaborado: trata-se apenas de algumas boas práticas que, se colocadas em ação, podem fazer a total diferença!

Gostou do nosso texto? Você já sabia como preparar o quarto das crianças e deixá-lo adequados aos estudos escolares? Então não deixe de conferir outro artigo do nosso blog, em que explicamos como lidar com as crianças durante a reforma na residência!