Quem tem criança em casa sabe que é quase impossível conter a bagunça espalhada pelos cômodos da residência. Para que a sua sala de estar não se transforme em um parque de diversões, existe uma solução: definir um local para as brincadeiras.

Quer saber como montar um quarto de brinquedos que seja ao mesmo tempo seguro, funcional e divertido? Neste post você encontrará a resposta! Assim, além de manter a casa organizada, você contribui para o desenvolvimento e a aprendizagem dos pequenos em um cantinho criado especialmente para eles. Vamos lá?

Priorize a segurança

Dicas para quarto de brinquedo Silva Pro Diseno

O cômodo de brincar desenvolvido por Silva Pro Diseño aposta na funcionalidade da estante com toques minimalistas de bom gosto.

A segurança é a primeira coisa a se pensar quando projetamos um ambiente para crianças. Nenhum detalhe pode passar despercebido. Coloque telas nas janelas, proteja quinas, lâmpadas e tomadas, não utilize móveis que possam oferecer riscos e mantenha a área central livre de obstáculos.

Desse modo, as crianças terão muito mais liberdade para brincar. Se o seu piso for do tipo frio ou muito liso, que tal colocar um carpete ou tapetes por toda a extensão do quarto? Assim, você praticamente elimina o risco de escorregões e ainda deixa o local mais aquecido.

Crie um ambiente lúdico

Leighton Design quarto de brinquedos

Estímulos criativos não faltam nesse belo quarto de brincar planejado pelo grupo Leighton Design

Um quarto de brinquedos precisa ser lúdico, já que esse cômodo será fundamental para o desenvolvimento e a aprendizagem da criança. Por isso, é importante recheá-lo com elementos educativos, coloridos e que despertem a atenção dos pequenos.

Você pode, por exemplo, criar um cantinho de TV para exibir os filmes e os desenhos animados favoritos da criançada. No chão, tapetes de EVA, pufes e almofadas gigantes são perfeitos para favorecer o clima de cinema.

Defina também um cantinho para a leitura e os desenhos: invista em prateleiras, mesinhas coloridas, histórias em quadrinhos, giz de cera, tinta guache… Enfim, deixe à disposição todos os materiais que a ajudem a criança a soltar a criatividade. Nessa área, faça um pequeno varal para que os pequenos possam dependurar os desenhos e exibir suas próprias criações artísticas!

Para as crianças maiores, que já praticam esportes ou tocam algum instrumento, não hesite em trazer elementos desse universo para dentro do quarto: violão, raquete, bola de futebol e tudo o que fizer parte da rotina do seu filho tende a agregar muito valor ao ambiente que ele habita.

Faça uma decoração divertida

inspirações para montar o quarto de brinquedo Foto de Chris Snook

Decorar o playground pode ser uma brincadeira muito divertida, não é mesmo? A foto é de Chris Snook.

Um quarto de brinquedos precisa ter cara de criança, não é mesmo? Por isso, solte a criatividade na hora de decorar. Afinal, se o ambiente não for divertido o bastante, os seus filhos continuarão espalhando a bagunça pelo meio da sala. Então, concentre-se nessa etapa para que a decoração do quarto seja bem convidativa para as crianças.

Comece pela pintura. Aposte em cores vivas, independentemente do padrão escolhido: tinta, textura, papel de parede… Uma excelente alternativa é pintar a metade mais baixa de uma das paredes com tinta lousa.

Assim, os pequenos poderão rabiscar à vontade. Ensine a eles que ali é a única parede da casa onde poderão escrever e, dessa maneira, o pesadelo de ter que lavar as demais paredes da casa ou renovar a pintura para esconder a “arte” da criançada acabará.

Antes de começar a decoração, lembre-se da faixa etária dos seus filhos, pois os brinquedos e demais elementos escolhidos devem ser compatíveis com a idade deles. Jogos de memória, de tabuleiro e quebra-cabeças são perfeitos para estimular o raciocínio — desde que adequados à idade da criança.

Prefira móveis funcionais

Pensar em como montar um quarto de brinquedos exige muita criatividade para aliar diversão, segurança e praticidade em doses certas. Nesse sentido, acertar na escolha dos móveis é imprescindível para garantir um ambiente funcional sem abrir mão das cores vibrantes e da atmosfera lúdica.

Prateleiras estreitas, por exemplo, deixam à mostra a capa dos livros, despertando a curiosidade da criança. Baús podem ser úteis para organizar a bagunça e, de quebra, dão aquele ar de mistério às brincadeiras, já que seus filhos adorarão descobrir o que tem ali dentro.

Quarto de brincar Mary Meinz Design

Mary Meinz Design fez do container o protagonista desse incrível quarto de brinquedos.

Estantes e nichos específicos para cada temática — livros, desenhos, personagens, esportes, música etc — também favorecem uma decoração funcional e convidativa. No chão, tapetes emborrachados (como os EVAs) são excelentes para dar mais conforto térmico e deixar tudo mais colorido.

Aposte em caixas organizadoras

Não é porque o quarto é de brinquedos que a bagunça está liberada, ok? Pelo contrário. Prezar por um ambiente limpo e organizado ajuda a desenvolver esses hábitos saudáveis nas crianças, de modo que elas cresçam sabendo a importância de manter tudo em ordem.

Ensine a elas que cada coisa tem seu devido lugar no quarto. Mostre a elas como seria chato procurar aquele brinquedo preferido e não encontrá-lo por causa da bagunça. Assim, elas compreenderão rapidinho que organizar é a melhor solução!

Para ajudar nessa tarefa, aposte em caixas organizadoras de vários tamanhos e cores. Com a ajuda dos seus filhos, vocês podem definir que cada cor guardará um tipo específico de brinquedo: jogos, peças, personagens, bonecas, carrinhos e tudo o que fizer parte do universo da criançada.

No cantinho dos rabiscos, deixe os papéis, canetinhas, lápis de cor e demais objetos sempre à mostra para despertar o interesse da criança. Porta-trecos são perfeitos para guardar esse tipo de material. Tenha muito cuidado com aqueles itens pequenos demais, como clips ou peças de brinquedos que possam ser perigosas para crianças menores.

Se o tamanho do quarto permitir, separe um cantinho para os brinquedos maiores, como as famosas cabaninhas e barracas para as festas do pijama ou os brinquedos de levar para a rua — como bicicletas, patins e seus respectivos itens de segurança (capacetes e joelheiras). Assim, ao chegar em casa, seus filhos saberão onde guardar tudo.

Pronto! Com essas dicas de como montar um quarto de brinquedos, finalmente você terá um cantinho incrível e dedicado especialmente à criançada. É o fim da bagunça espalhada pela casa e o começo de uma aprendizagem muito mais lúdica e divertida.

Assim, até quem não é criança desejará passar mais tempo brincando com os pequenos! Se você gostou do post e já está se inspirando nas nossas dicas, aproveite e leia este post para escolher a melhor opção para o quarto infantil: tinta ou papel de parede?