Muita gente concorda que a escolha dos acabamentos é a melhor parte da obra, pois finalmente é o momento em que tudo vai ficando com a nossa cara. Mas, para acertar nas escolhas, não basta pensar apenas na estética dos materiais. É preciso priorizar também a funcionalidade das peças. Os diferentes tipos de porcelanato, por exemplo, geram muitas dúvidas quanto às aplicações de cada um deles.

Na verdade, as pessoas até sabem que o porcelanato utilizado nas áreas internas da casa é diferente do piso das áreas externas — ou que o porcelanato utilizado nas salas e nos quartos não é o mesmo do banheiro e cozinha, considerando-se que são áreas úmidas.

A questão é que, como a gama de pisos disponíveis no mercado é muito extensa, as pessoas acabam se perdendo em meio a tantas particularidades, ficando em dúvida se estão mesmo escolhendo o modelo certo. Pensando nisso, preparamos este post com os tipos de porcelanato mais indicados para cada cômodo da casa. Assim, você saberá exatamente o que procurar quando for às compras!

Sala

Living, sala de jantar ou sala de TV. Qualquer que seja o ambiente de convivência em questão, os porcelanatos são escolhas campeãs para essas áreas — pois valorizam o décor e favorecem a amplitude devido à sua composição nobre e às dimensões extensas da peça.

Quanto ao tipo de porcelanato indicado para tais áreas, os polidos e os acetinados saem na frente pela praticidade, conforto e beleza. O porcelanato polido se diferencia do acetinado por apresentar uma superfície mais lisa e brilhante, em alguns casos chegando a ser até escorregadio. Por isso, seu uso é restrito às áreas secas da casa.

Outra ressalva é que os polidos são um pouco mais suscetíveis a riscos e abrasões. Mas isso não significa que ele é um piso fraco. Basta ter certeza da qualidade e da origem das peças, certificando-se de que está comprando os porcelanatos em lojas especializadas.

Já o porcelanato acetinado apresenta brilho mais discreto, tornando-se a opção perfeita para compor um décor mais clean e minimalista, onde nada vai “roubar a cena”, sabe? Além do living, os acetinados são muito utilizados também na composição do hall de entrada e nos corredores que levam às áreas íntimas da residência.

Quarto

Para compor a atmosfera mais intimista e discreta dos dormitórios, os porcelanatos acetinados são ótimas escolhas, pois, como dissemos, o brilho dessas peças é mais sutil do que o porcelanato polido. No entanto, dependendo do tipo de decoração que você quer para o cômodo, os polidos também podem ser excelentes opções, sobretudo se a intenção é favorecer ares mais clássicos.

Nesse caso, experimente combiná-los com móveis em linhas retas e paredes em cores neutras. Assim, você terá um décor clássico e, ao mesmo tempo, muito harmonioso.

Quanto ao receio de deixar o ambiente monótono, nem precisa se preocupar. O brilho intenso do porcelanato polido, por si só, já vai valorizar bastante a decoração do cômodo. Se preferir, complemente a composição com alguns elementos coloridos e pontuais, como tapetes, almofadas e mantas.

Cozinha

Quando o assunto é revestimento de cozinha, decerto o porcelanato vai dar as caras — seja nos pisos, seja nas paredes. Até porque um dos grandes diferenciais desse tipo de piso é a praticidade de limpeza e manutenção, requisitos básicos para esse cômodo da casa, certo?

Isso só é possível graças ao nível de absorção de água quase nulo dos porcelanatos. Ou seja, dá para lavar a cozinha tranquilamente. Outra vantagem é que os rejuntes finos das peças também ajudam a conter o acúmulo de poeira ou gordura nas frestas.

Sobre os tipos de porcelanatos mais indicados para cozinhas, o acetinado e o esmaltado serão sempre boas escolhas, ao contrário do polido, que em algumas versões tende a ser escorregadio. O porcelanato esmaltado sai na frente no quesito versatilidade, podendo ser encontrado em diferentes texturas no mercado especializado: brilhantes, foscos, ásperos, lisos…

Isso se deve justamente à camada de esmalte que é aplicada sobre o revestimento no processo de fabricação, fazendo com que os porcelanatos esmaltados fiquem com a textura e a estampa desejadas, conferindo mais personalidade para o décor. Apenas reforçamos o cuidado de não escolher peças lisas demais para ambientes úmidos, o que poderia tornar o local escorregadio.

Quanto à durabilidade dos porcelanatos esmaltados — e considerando-se que a cozinha é uma das áreas mais frequentadas da casa — a melhor dica é ficar de olho no número do PEI (sigla para Porcelain Enamel Institute) da peça, pois, quanto maior o PEI, mais resistente é o piso. Assim, dá para saber ao certo o grau de resistência do porcelanato diante de situações de tráfego intenso na área, por exemplo.

Banheiro

Ainda falando sobre áreas úmidas, eis o cômodo da casa que requer mais atenção na escolha dos tipos de porcelanato: o banheiro. Nesse ambiente, a melhor escolha é o porcelanato estruturado. Esse modelo apresenta superfície levemente abrasiva, o que o torna muito resistente e nada escorregadio. Portanto, é uma opção perfeita para áreas molhadas, como dentro do box ou interior de saunas.

Arquitetos e designers de interiores costumam indicar também o porcelanato acetinado para banheiros, pois ele é um modelo levemente mais áspero, ou seja, não escorrega. Além disso, não mancha com facilidade, sendo uma boa opção para os boxes, já que não serão desgastados pelos produtos utilizados durante o banho.

Área externa

O porcelanato estruturado também é a opção queridinha das áreas externas da casa, considerando-se que elas estão o tempo todo sujeitas às intempéries climáticas. Existe ainda a opção de porcelanato natural com acabamento mate: abrasivo e antiderrapante. Esses modelos também são perfeitos para instalação no entorno de decks, piscinas e interior de garagens.

Assim, é possível tornar essas áreas mais seguras sem abrir mão da estética e do conforto das peças. Sem falar que o porcelanato, por si só, é um piso de acabamento frio, o que o torna a melhor escolha para áreas externas devido ao conforto térmico que proporcionam.

Para finalizar, não poderíamos deixar de resumir as vantagens de todos os tipos de porcelanato, independentemente do cômodo em questão. Confira:

  • durabilidade;

  • versatilidade;

  • praticidade;

  • conforto;

  • amplitude;

  • requinte;

  • custo-benefício.

Assim, fica fácil entender porque os porcelanatos são verdadeiros campeões de venda, não é mesmo? Então, se você está na fase de acabamentos da obra, aproveite e entre em contato conosco para escolher os melhores tipos de porcelanato para cada cômodo da sua casa!