Eles destroem tudo em silêncio: móveis, livros, fotografias… Quando você se dá conta, já é enorme o prejuízo causado por esses pequenos insetos que vivem em colônias e se alimentam principalmente da madeira. Não basta identificá-los, é preciso saber como acabar com os cupins cortando o mal pela raiz, ou seja, destruindo o ninho da infestação.

Sabe aquela poeirinha que solta dos móveis amadeirados assim do nada? Então! Esse é o rastro que eles deixam depois de se alimentarem da madeira. Após identificar os sinais, vá até o ninho e comece a operação. Pode ser com produtos caseiros, inseticidas específicos ou até mesmo uma dedetização profissional, em situações mais graves.

Acompanhe a leitura e veja em detalhes como identificar e acabar com os cupins!

Como identificar os cupins?

Os cupins são pequenos insetos e vivem em galerias, por isso não é tão fácil encontrá-los andando pela casa. Já os rastros deixados por eles — não geram dúvidas. Todo mundo já viu pelo menos alguma vez na vida aquela “areia” fininha no entorno ou no interior dos móveis.

Essa poeirinha que parece pó de madeira nada mais é do que as fezes desses insetos, liberadas enquanto eles destroem sua poltrona preferida da sala de estar. Os cupins subterrâneos se aproveitam desse rastro para demarcar o caminho até a colônia, de modo que depois possam encontrar seu alimento novamente.

Portanto, assim que identificar o pozinho cor de terra, siga o rastro até o ninho. Você pode também abrir os móveis para verificar se há vestígios de cupim lá dentro. Outra dica é bater levemente na madeira: se ela estiver oca, é sinal de infestação. Descamação e estufamento da mobília são outros sinais que podem indicar a presença de cupins. Fique de olho!

Como acabar com os cupins?

Agora que você já descobriu a raiz do problema, é hora de atacá-la para acabar com os cupins de uma vez por todas. Em seguida, listamos os maiores aliados nessa luta.

Vinagre

Dá para usá-lo puro ou diluído em água, nas mesmas proporções. Devido às suas propriedades desinfetantes e neutralizantes, o vinagre consegue matar os cupins da colônia e prevenir a chegada de outros que poderiam recolonizar o local. Faça a mistura em um borrifador, pulverizando todo o ninho e o entorno. Uma única aplicação basta se o ataque ainda estiver no início. Em caso de infestações maiores, recomenda-se mais de uma aplicação para garantir o efeito.

Óleo de cravo

O óleo de cravo pode ser encontrado em lojas de produtos naturais ou farmácias de manipulação, sendo eficaz para acabar com os cupins no início da infestação. A medida é de 100 ml de água para dez gotas de óleo de cravo. No lugar da água, também pode ser utilizado óleo de coco.

No caso de infestações no piso de madeira, faça a limpeza doméstica normalmente e, no último pano, aplique a mistura. Além de matar os cupins existentes no piso, você impermeabiliza o acabamento e, de quebra, deixa sua casa perfumada.

Óleo de laranja

Assim como o anterior, o óleo de laranja também só é eficaz em situações de infestação inicial. Nesse caso, o primeiro contato com a substância já é suficiente para matar os cupins. A vantagem de utilizar esse produto é que ele é natural, ou seja, não agride o meio ambiente nem é tóxico para crianças ou pets.

Se a intenção for apenas prevenir os ataques, você pode comprar o óleo em versão spray e borrifá-lo pelos móveis quando estiver finalizando a limpeza da casa. Mas, se os cupins já estiverem instalados, o ideal é comprar uma garrafa do produto, aplicando o líquido com pano diretamente sobre a infestação.

Querosene, lubrificante ou desengripante

Essas substâncias são poderosíssimas para acabar com os cupins. Porém, devem ser utilizadas com muita cautela e nunca sem proteção, pois são tóxicas. Por isso, mantenha crianças e pets longe do local quando fizer a aplicação. Basta jogar o querosene no lugar infestado, encharcando o móvel ou o piso de madeira se as colônias forem grandes.

Já os lubrificantes geralmente vêm em embalagem de spray, o que facilita a aplicação naqueles cantinhos mais difíceis. Essas substâncias vão grudar no corpo das pragas, matando-as por sufocamento. Os produtos podem ser encontrados facilmente nos supermercados, na seção de itens para automóveis.

Inseticida

O uso de inseticidas é bastante eficaz para combater diversas pragas caseiras, funcionando melhor do que as dicas anteriores. No entanto, não é qualquer inseticida que mata cupins. Para acabar com eles, o ideal é investir em produtos específicos para madeira, garantindo o melhor resultado. Normalmente, eles são encontrados em versão líquida.

Hoje em dia já existem no mercado inseticidas de alta eficácia e baixa toxicidade. Eles podem ser aplicados em todos os móveis amadeirados da casa, desde que você siga corretamente as instruções do fabricante. Utilize luvas e máscaras durante a aplicação, lembrando-se de retirar as crianças e os pets do ambiente para evitar acidentes domésticos.

Dedetização

Se a infestação é tão grande que nem o inseticida deu conta, você terá que partir para o método mais eficiente da lista: a dedetização profissional. Esse serviço geralmente é oferecido por empresas privadas, controladoras de pragas urbanas. A empresa vai até sua casa, identifica o tipo de inseto, avalia o nível da infestação e dá início ao processo de controle.

Jamais tente fazer a tarefa sozinho. Na descupinização são utilizados produtos muito específicos, que demandam certos critérios e muita técnica durante a aplicação. Por isso o serviço deve ser realizado por profissionais. Sem falar que eles estão habituados com esse tipo de trabalho, de modo que será muito mais fácil para eles encontrar os focos e não deixar nada para trás.

Por último, lembramos que a prevenção é sempre o melhor remédio para evitar os cupins. Portanto, mantenha a manutenção da sua casa em dia, cuidando bem da limpeza e checando constantemente os pisos, móveis e forros de madeira. Assim, a possibilidade de infestação é praticamente nula.

E você? Conhece mais alguma dica de como acabar com os cupins? Conte para a gente nos comentários!