Pintar um ambiente pode transformá-lo e renová-lo como nenhum outro elemento de decoração é capaz de fazer. Entretanto, uma pintura mal feita pode durar menos do que deveria, acarretando gastos futuros com repinturas e aumentando o trabalho de manutenção.

Além disso, a estética da casa também pode sair prejudicada por causa da falta de uniformidade da pintura, descascamento precoce, enrugamento da tinta e marcas de pincel. Com o tempo, ainda surgem as preocupações com o aparecimento de manchas e até formação de mofo.

Quer evitar esses problemas? Então descubra, neste post, quais são os erros mais comuns na hora de pintar a casa — e saiba como evitá-los, para garantir um trabalho digno de profissional. Vamos lá!

1. Não planejar todo o processo 

Não há nada pior do que descobrir que a tinta não cobrirá a parede inteira  especialmente quando é uma cor especial, manipulada. Portanto, recomenda-se cuidado ao quantificar o material, lembrando de adicionar uma porcentagem extra para cobrir imprevistos, como retoques, e garantir que nada falte.

2. Esquecer a limpeza

Busque otimizar o processo de pintura, incluindo a limpeza final. Antes de começar a pintar, proteja toda a mobília, o chão e as fechaduras. Para isso, utilize folhas velhas de jornal ou uma lona e fita de proteção. Evite substituir a fita própria para pintura por outras, como fita isolante, pois a tinta pode escorrer e estragar o acabamento.

3. Ignorar o primer

Em muitos casos, é preciso preparar a parede para receber a pintura e muita gente se esquece disso. Por isso, se você estiver pintando uma superfície mais porosa como gesso, madeira ou concreto, o primer é uma ótima solução para cobrir as imperfeições na superfície, proporcionar uma textura lisa e tornar a pintura mais duradoura, com melhor aderência.

Você também pode usar tintas e primers em uma mistura  o que sai mais barato  se a superfície tiver sido previamente pintada, estiver em boas condições e for plana. 

4. Menosprezar o teto

Quando não é esquecido, as pessoas optam sempre por pintar o teto de branco. Porém, lá vai a dica: evite o branco, pois sua tinta traz um pequeno pigmento cinza que torna o ambiente mais frio e menos aconchegante. Em vez disso, escolha tons de creme ou pérola, que deixam a sala mais confortável e são muito mais elegantes. 

Além disso, profissionais de pintura recomendam que se comece o trabalho sempre pelo teto. Assim, se aquele pinguinho de tinta serelepe escorregar pela parede, será mais fácil de consertar.

5. Afundar o pincel na tinta

Não é apenas a qualidade da tinta que interfere no resultado, mas também a forma que você utiliza os pincéis. Portanto, evite afundá-los na tinta ou encharcar as cerdas: basta mergulhar um terço do pincel e você terá tinta suficiente para pintar, sem desperdício e sem sujar profundamente as cerdas, facilitando sua limpeza

6. Não limpar rolos e pincéis

Essa é outra dica importantíssima: não se esqueça de limpar os materiais após o uso! Proteja-os, lavando cuidadosamente rolos e pincéis com água e detergente e embrulhando-os em papel plástico ou em papel-alumínio. Assim eles mantêm a forma por muito mais tempo e você evita novos gastos. 

7. Pintar em dias de chuva

Dias chuvosos definitivamente não contribuem para a qualidade da pintura. Ainda que você não se importe em ter que esperar para terminar o trabalho, o bom resultado depende, também, das condições em que a parede se encontra  e ela precisa estar bastante seca. 

8. Deixar o acabamento em segundo plano

É muito importante pensar no tipo de acabamento ideal para sua casa. As paredes com pequenos defeitos na superfície são melhoradas com tinta fosca, pois esse efeito ajuda a mascarar as imperfeições. Por outro lado, em paredes lisas, o ideal é utilizar tintas acetinadas, brilhantes ou com semibrilho, já que são mais duráveis e facilitam na hora de limpar.

Esses são apenas alguns dos erros que podem ocorrer quando resolvemos pintar a casa por conta própria. Entretanto, com essas nossas dicas, você estará muito mais preparado para o trabalho e, com certeza, terá um resultado bastante satisfatório — pode apostar!

Quer receber outras dicas? Então assine nossa newsletter e não perca mais nenhuma novidade sobre construção e decoração.